17 de setembro de 2009

As delícias da Petra parte 3!




Bom eu sei que isto já são delícias a mais mas olhem não resisti!



Hoje vou falar de um creme corporal que descobri na loja O Boticário....



Flã de mirtílo e framboesa!



Com cheiro a iogurte de frutos do bosque e de uma textura super suave.



Fiquei fã e não resisti a trazê-lo para casa!



Com a vantagem que neste momento se encontra em promoção.



O seu preço original é de 12 euros e meio e consegui comprá-lo por 9 euros.



Por isso se são como eu assim doidas por cheirinhos doces e apetitósos não pensem duas vezes!

16 de setembro de 2009

As delícias da Petra parte 2






















adoro minerais, os seus tons, o brilho, a transparência e a boa energia que me transmitem.












Desde o quartzo até à ametista passando pelas coloridas ágatas.






Há muito tempo que estes objectos fazem parte da minha vida.






Para mim, cada pedra têm uma personalidade muito própria visto que diferem tanto umas das outras,.












Uso-as para decorar o meu quarto, como talismãs da sorte e claro como acessórios!






Em colares, pulseiras, ganchos para o cabelo, anéis..... os minerais estão sempre presentes na minha indumentária!






Dão sem dúvida um ar exótico e colorido ao nosso visual.






Há também quem use as pedras para atrair boas energias.....






Eu confesso que o faço.






Como fazer para energizar os nossos cristais?






Muito simples:






Escolher aquelas que mais gostar, colocar dentro de um copo cheio com água do mar e deixar o mesmo uma noite à luz da lua ou um dia ao sol...






Depois retirar as pedras da água, deixar secar e guardar junto dos nossos objectos pessoais.






Sei que ha muita gente que não acredita nisto, mas fica a dica...






14 de setembro de 2009

Não pretendo chocar, apenas informar.





No outro dia vi uma reportagem que mexeu profundamente comigo.
Na cidade iraquiana de Fallujah, a qual tem sido palco de guerra;
não vitimizou apenas civis e suas famílias, não se restringiu a espalhar a destruição por todo lado.

Deixou atrás de si um rasto silencioso de horror que perdura até hoje mas que é do conhecimento de muito poucos.
Desde há alguns anos para cá o nascimento de crianças com graves deformações congénitas nesta localidade, passou de uma percentagem ínfima que se verificava antes dos ataques, para uns assustadores 67% de recém-nascidos com mal-formações profundas não só ao nível físico mas também cognitivo.
Para além de fallujah outros locais ensombrados pela guerra como a Jugoslávia estão também a ser imensamente afectados por este flagelo.
Aqui futuros pais e mães pensam 10 vezes antes de ter um filho, e quando este projecto se concretiza passam todo o período de gestação com o coração nas mãos.
Após o nascimento, estas crianças permanecem em sofrimento bem como os respectivos pais, culminando frequentemente com a morte, dado que é praticamente impossível sobreviver com tantos défices.
apesar de o fim da vida poder ser encarado por todos como o terminar de um calvário para estes meninos e meninas, deixa sem sombra de dúvida marcas terríveis em todos que deles cuidaram principalmente em quem os colocou no mundo.

Estudos bem esclarecedores sobre este assunto, revelaram que a causa deste fenómeno se deve à quantidade e origem dos químicos utilizados no armamento de guerra.

Para melhor perceberem peço-vos que leiam este excerto que encontrei:


Outra ameaça ainda mais grave (!) é a que podemos chamar guerra nuclear sem bomba nuclear. Trata-se das armas ou projécteis fabricados com o depleted uranium (DU), urânio empobrecido, ou seja os resíduos ou desperdícios do processo de enriquecimento do urânio. É usado em armas e projécteis para perfurar as blindagens. De acordo com o Guardian as forças da coligação usaram entre mil a duas mil toneladas de DU durante a invasão de Março de 2003 e os combates subsequentes.
Estas munições ao explodirem espalham miríades de nanopartículas, uma autêntica poeira letal que penetra na pele, nas narinas e viaja até ao mais recôndito do corpo humano, incluindo o cérebro. Com a humidade prega-se ao solo e impregna-o de uma radioactividade suave, persistente, insidiosa. O DU foi usado pela primeira vez durante a Guerra do Golfo, pelo que os sintomas das doenças dele derivadas se passaram a chamar a síndrome do Golfo. A NATO usou o DU na Jugoslávia nos bombardeamentos de 1999. Os estudos efectuados mostram que o DU atinge o DNA o que explica os súbitos e rápidos tumores que atingem os participantes da invasão do Iraque em 2003. O físico-químico nuclear Marin Fusk considera tratar-se da arma perfeita para assassinar milhares de pessoas. A contaminação faz-se também através das relações sexuais.. Soldados que tinham filhos normais antes de irem para o Iraque, tiveram depois filhos, numa percentagem de 67% deformados, sem braços, sem olhos ou com doenças do foro imunitário.
E as parceiras mulheres ou namoradas sofreram num grau inusitado de doenças derivadas como a endometriose sendo obrigados em muitos casos a fazer histerectomias.
A disseminação radioactiva de 800 toneladas de DU equivalem a 83000 bombas de Nagazaki segundo o professor K.Yagasaki. Ainda segundo ele, a atomicidade utilizada pelos EUA desde 1991 corresponde a 400 mil bombas de Nagazaki. O smog, a poeira do Golfo foi encontrada na América do Sul, Himalaias e Hawai.
A geocientista Leurent Moret que estuda durante décadas este fenómeno e a disseminação e contaminação atmosférica do DU diz que não há limpeza possível.
As medições efectuadas por equipas de peritos afirmaram que as radiações do DU eram negligenciáveis. Mas a UNEP (Programa da ONU para o ambiente) declarou que não se conhece o comportamento a longo prazo no meio ambiente e recomendou a marcação e a descontaminação de mais de uma centenas de sítios atingidos pelas DU e a retirada do solo das munições existentes assim como avisar a população local. Em 2001 depois da utilização de DU pela NATO no Kosovo o Conselho da Europa pediu o fim da produção, testes e venda de armas DU alegando "os efeitos na saúde e qualidade de vida serão de longa duração e as futuras gerações serão igualmente afectadas". Carla Del Ponte, Procuradora Chefe do Tribunal Internacional das Nações Unidas para a antiga Jugoslávia declarou que o uso de armas DU devia ser investigado como possível crime de guerra. O programa da ONU para o ambiente detectou 311 locais contaminados com DU e o Parlamento europeu reiterou a sua proposta para classificação das armas com DU como armas com vista à total proibição. Usando como base o tratado de não Proliferação, a Convenção de Armas Químicas e Biológicas e o Tratado Alargado de Proibição de Testes.


Tirado daqui: http://igualdade.bloco.org/index.php?option=com_content&task=view&id=71&Itemid=16

7 de setembro de 2009

Salmão aromatizado!




Receita para duas pessoas:


Ingredientes:
Duas ou mais postas ou lombos de salmão.
Um raminho de alecrim.
Dois limões sumarentos.
Sal, orégãos e azeite qb.
Uma malagueta fresca.
Arroz (já cozinhado) qb.
Uma beringela, uma courgette e uma ou mais cenouras,
4 tomates maduros pelados,
duas cebolas grandes,
Dois dentes de alho.
Uma folha de louro partida em pedacinhos e um ramo de salsa.

Preparação:
por em um pirex o alecrim préviamente desfolhado, De seguida colocar em cima das ervas um limão e metade do outro partidos em rodelas finas.


Salpicar com uma pitada de sal e depois então dispor os lombinhos por cima deste preparado.


A seguir espreme a outra metade do limão sobre o peixe, pincela-o com um fio de azeite, adiciona mais umas pedrinhas de sal, e está pronto para ir ao forno, que por sua vez deverá ser ligado alguns minutos antes para que possa já estar quente quando introduzir o ppreparado.


Desta forma garantímos que o salmão fique estaladiço do lado de fora e macio por dentro!


Nota: Terá de permanecer no forno durante 20 minutos a 250 graus.

Acompanhar com um arroz bem solto e se gostar claro junte legumes estufados ou salteados.
Para estufar os legumes:


antes de mais nada é necessário fazer um refogado com bastante cebola, dois dentes de alho, uma folha de louro e um pouco de azeite.

quando o refogado já estiver bem loirinho,
adicione 3 ou 4 tomates préviamente pelados, umas gotas de vinagre, meia malagueta fresca, a salsa bem picada e uma pitada de sal e orégãos.


Deixe apurar uns dez minutos, e então pode adicionar uma courgette, uma cenoura e uma beringela cortadas em rodelas...


Claro que se não gostar de algum destes legumes poderá subtraí-lo e colocar apenas aqueles que lhe agradarem.


Depois dos vegetais estarem todos na panela e envolvidos na calda originada pela cebolada e pelo tomate deixe ir cozinhando em lume brando de forma a que não possam pegar ao tacho e retire após 15 ou 20 minutos....


Servir quente junto do salmão e do arroz.


última nota: Regue esta deliciosa refeição com um vinho do seu agrado!


......."digam lá que eu não estou uma autêntica Filipa Va Com Deus!


Só me falta recomendar que se cozinhe com restos como ela fazia nos programas de cúlinária! lollll..................."


Bom apetite!




5 de setembro de 2009

Mimi lembras-te?




Hoje ao ouvir esta música, lembrei-me dos nossos passeios no Porto...


E das nóssas férias.....


Havemos de ter mais momentos assim!


Que de serem tão bons e divertidos nos trazem tanta saudade.....


video

2 de setembro de 2009

Fashion adviser!


Esta semana ouvi nas notícias que os conselheiros de moda portuguêses, afirmaram que Manuela Ferreira Leite terá de mudar por inteiro o seu visual.
Ora bem: na minha humilde opinião, se esta senhora quiser dar mesmo nas vistas, deverá usar a seguinte indumentária:
Calças de ganga rasgadas o mais possível, acompanhadas de uma tshirt daquelas que se vendem nas feiras com imagens de esqueletos e outras relíquias semelhantes.
Passo a explicar...
Se a Nossa querida tia mané usar as calças rotas irá conseguir chegar mais perto do povo, dado que como o país está praticamente de tanga, não iria destoar muito da imagem actual.
Quanto a tshirt, bem é simples.... Seria a melhor forma de ela mostrar ao nosso querido sócrates como é que deseja vêlo o mais rápido possível!
Vá agora e vocês? que visual traçariam para a nossa manelita?
Mimi la Rose a parte da maquilhagem deixei para ti!
Uiiii tarefa difícil!......

hahahahahhah

1 de setembro de 2009

passeio diferente











Gosto de ir ao Martim Moniz.




Para quem não conhece; trata-se de um centro comercial com lojas interiores e exteriores perto da baixa cheado conhecido também por "Centro Comercial mouraria"




O que é que me fascina naquele lugar?




Quase tudo!








As pessoas, os aromas, o colorido das frutas, as milhentas barraquinhas indianas, africanas e marroquinas.




Mal se sai do metro naquela estação, somos envadidos por um cheiro fortíssimo que consiste numa mistura entre: caril, café, fruta madura e incenso.




Damos por nós, caídos repentinamente, em um país desconhecido onde todas as raças se misturam.




em cada canto se respira mistério.




Claro que nunca vou la sozinha! Para quem conhece Lisboa sabe que a mouraria é uma zona um tanto ou quanto perigosa e degradada...




Costumo ir la com amigos que também têm por hábito fazer ali algumas das suas compras.




É la que encontro todas as especiarias, frutas exóticas e o leite de côco que preciso para cozinhar a preços bem pequeninos!




Adoro vaguear por cada loja e apreciar calmamente as malas originais feitas de retalhos coloridos, os colares e pulseiras de missangas, os vestidos indianos compridos cheios de bordados maravilhosos, as túnicas debroadas a pedrinhas e com um corte lindíssimo autênticas obras de arte!
as bijutarias feitas com minerais que são uma das minhas paixões, onde literalmente me perco.




Muitas vezes acabo mesmo por encontrar roupa linda por autênticas pechinchas!
E para quem gostar de chás chinêses e produtos naturais a base de soja, também poderá encontrar na zona das lojas exteriores alguns minimercados mais alternativos e o melhor "muito baratos" onde é possível adquirir todas essas coisinhas tão difíceis de encontrar nos supermercados comuns.


Para quem não conhece e ficou com curiosidade....




Aconselho vivamente a darem la um salto!
Um sítiopara alguns deveras estranho... Mas que na minha opinião vale bem a pena visitar!